sábado, 1 de julho de 2017

Diferenciada, Banzaê promoveu mais um grande Arraiá do Banza



Sempre diferenciada, Banzaê celebrou o "Orgulho de ser Nordestino" nos dias 28 e 29 de junho, em mais uma edição do Arraiá do Banza, a festa que contou com muito forró, sofrência, pegada e a presença marcante de um bom público que festejou com alegria, animação e muita tranquilidade, destaque para noite de quarta-feira, onde o público bateu um recorder histórico na cidade.

No palco, shows Tayrone, Chambinho do Acordeon, Magníficos, Wallas Arrais, Duas Medidas, Kinho Chefão e os filhos da terra, Nilton Pankadão e Patrick Veloso.

As quadrilhas juninas, anfitriã Pisada Forte, que celebrou seus 15 anos, e Pé no Chão de Ribeira do Pombal, também marcaram presença, deixando ainda mais bonito o São Pedro da Tradição.

#ArraiáDoBanza2017 O amor pelo forró continua, #CortaPra2018 💥👏.

quarta-feira, 2 de fevereiro de 2011

lllllllllllllllllllll

quinta-feira, 7 de outubro de 2010

55

Um busto na sede do Fluminense Football Club, nas Laranjeiras, homenageia João Coelho Neto (1905-1979), o Preguinho. No Tricolor carioca, o jogador sempre foi reverenciado pelos feitos em sua singularíssima carreira de atleta: foi campeão 55 vezes pelo clube, em nove modalidades esportivas diferentes. Mas a memória de Preguinho, ou Prego, como consta nos registros históricos da Copa de 30, não é cultuada pelo Brasil como deveria: ele foi o autor do primeiro gol da seleção em Copas do Mundo.

Na estreia, contra a Iugoslávia, o Brasil perdeu por 2 a 1, mas Preguinho deixou o dele. Não há imagem filmada do lance, mas o repórter Régis Rösing, do "Esporte Espetacular", obteve, no Uruguai, junto ao historiador Juan Capelán, fotos e a descrição detalhada da jogada que culminou no tento histórico. Para cativar a torcida do estádio Parque Central, em Montevidéu, a seleção brasileira tinha entrado em campo carregando uma bandeira do Uruguai. A participação nacional naquela Copa teve apenas mais uma partida, antes da desclassificação: a goleada por 4 a 0 na Bolívia, com mais dois gols anotados por Preguinho.

A reportagem do "Esporte Espetacular" que vai ao ar neste domingo conta mais detalhes sobre a incrível carreira de Preguinho e faz uma reflexão sobre a memória brasileira. Em enquete junto a jogadores e treinadores de destaque em nosso futebol, quase ninguém sabia apontar Preguinho como o autor do primeiro gol do Brasil em Copas do Mundo.

sábado, 15 de agosto de 2009